Emergencionismo: Brasil,Índia e China.

     Os mais novos ricos do capitalismo mundial consituem-se nas potências do futuro e já são responsáveis pelas principais transações ecônomicas no mundo.Quem olha para esses países há 20 anos atrás não acredita: eram pobres,superpopulosos, de economia frágil e inexpressivos no cenário mundial.

         A Índia vestia o atraso em relação ao resto do mundo, uma população gigantesca, vestígios da colonização e do sistema de castas,analfabetismo,saúde precária.Hoje o país possui diversos tecnopólos(sobretudo na área de softwares) e empresas do mundo todo vão buscar investimentos, aproveitando que a maioria dos indianos fala inglês.A nação de Gandhi vive uma explosão de modernidade que surpreendentemente convive com as tradições milenares.Cidades importantes como Nova Délhi e Bombaim encontram uma agitada vida, de novidades, cinema(Bollywood), livros,música e capitalismo.

As antigas nações pobres mostram a cara.

As antigas nações pobres mostram a cara.

       Enquanto isso, a China, ultimamente o maior assunto da mídia internacional, segue o mesmo caminho da Índia,no entanto num ritmo muito mais frenético.Uma História milenar, de Imperadores à ditadores, controlada,explorada por outras nações, a China tenta desabrochar para o mundo fazendo sua economia robusta ser fundamental para o cenário ecônomico mundial.As Olímpiadas de Pequim,iniciadas dia 8/08,sexta-feira jogam os holofotes mundiais para a nação mais populosa do mundo: a poluição, falta de liberdade de expressão e a questão do Tibet nos fazem questionar se o país conseguirá sincronizar o seu crescimento com a qualidade de vida da população.

 

      Por fim, nosso querido Brasil.Temos uma História conturbada de governos desastrosos,economia desajustada, maioria da população vivendo na miséria e uma dependência estrangeira forte.Hoje o Brasil vive com uma economia forte(uma das dez maiores do mundo), sua população é marjoritariamente classe média(51,89% , de acordo com as últimas pesquisas que sairam esta semana*) e nossa dependência externa está controlada.Não viramos uma perfeição do dia para a noite, e isso vale para todos os emergentes.São nações que estão na metade do caminho com muitas dificuldades a serem superadas.O Brasil ainda convive com favelas, falta de segurança, educação e saúde pública ruins.Configuram-se diamantes brutos, prontos para serem lapidados pelo futuro.

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: