Os dois lados da política.

As questões políticas internas e externas muitas vezes mostram dois lados de uma mesma moeda.Muitos veículos de comunicação esquecem de mostrar esses lados por tendências ideológicas e/ou partidárias.

Na política interna, temos a última do  presidente Lula( sobre os jornais darem azia), ridicularizada ou defendida pelo jornalismo brasileiro.No Direto da redação, o jornalista Mair Pena Neto esclarece que, por mais que pareça ignorância, o presidente talvez estivesse criticando a parcialidade e falta de qualidade da imprensa brasileira.Não ler os jornais brasileiros significaria necessariamente ser desinformado?

ignorância ou critica à imprensa brasileira?

Lula: ignorância ou crítica à imprensa brasileira?

Por outro lado, a revista semanal Veja ironiza a situação, fazendo um apelo claro ao argumento de “não estuda, não lê jornais e ainda quer ser presidente?”.Os dois lados podem estar certos, é só uma questão de ponto de vista, afinidade politico-ideológica etc.

Já a política externa reflete uma crise diplomática dentro do Brasil.O ministro da Justiça, Tarso Genro, criou uma polêmica ao conceder refúgio político à Cesare Battisti, ex- membro de uma organização de extrema esquerda.De um lado, novamente no Direto da redação , os prós e contras são analisados por Rui Martins, que disseca as relações políticas e simbólicas por trás da briga internacional por Battisti.Uns estão do lado da Itália, outros do Brasil.A revista Veja, por sua vez, coloca uma questão curiosa: “Se ele fosse um fascista, vocês aceitariam?”.Ou seja, será que nossa simpatia por Battisti é pura afinidade ideológica?Estamos esquecendo de um criminoso?

Tarso Genro teria sido levado pela afinidade ideológica?Ou a Itália e seu presidente de direita, Silvio Berlusconi estão metendo o nariz onde não são chamados?

Tarso Genro teria sido levado pela afinidade ideológica?Ou a Itália e seu presidente de direita, Silvio Berlusconi, estão "metendo o nariz onde não são chamados"?

A verdade é que não existe consenso nesses dois casos atuais da política brasileira.Não é uma questão de “em cima do muro”, mas um conflito interno, que nos obriga a escolher um lado.

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , , , , ,

3 pensamentos sobre “Os dois lados da política.

  1. Acauã Pyatã disse:

    Existe em ambas ideologias políticas, seja ela direita ou esquerda, os subgrupos, e um deles se caracteriza por centro, centro esquerda ou centro direita, contudo realmente não existe como haver um centro inter-partidário, ou ideológico. Tais questões na verdade são levantadas por pessoas que pensam de forma diferente e vêem a mesma questão. A opinião da veja, tanto quanto a do Direto da Redação ganham destaque devido serem veículos de comunicação consagrados, logo tudo que se escreve la, até que 1 + 1 é 3, seria levado a cabo e analisado seriamente. A questão é que muitas vezes as coisas vão muito além e são muito mais profundas do que a opinião que diga-se de passagem, opinião pessoal de jornalistas comentaristas que se julgam formadores da opinião pública, e até afirmo que é um grande erro e/ou garfe tomar tais opiniões como absolutas ou até mesmo como base, pois como também foi deixado de forma subjetiva no artigo da colega, que isso depende de visão e interpretação pessoais, até mesmo de filiação ou vinculo ideológicos ou politicos, como é o caso dos dois maiores veículos de comunicação de nosso estado, o Diário do Pará, da familia Barbalho, e O Liberal, da familia Maiorana, que tornaram a imprensa paraense dividida em dois feudos, que remontam aquela idéia de que as oligarquias nunca acabaram aqui em nosso querido estado, assim como no Maranhão com os Sarnei e segue-se.

    O ideal na minha opinião é apenas captar as mensagens de tais formadores de opinião e de forma analítica e critica apenas somar como elemento que será descartado após a composição de sua própria opinião, uma vez que convenhamos, temos ditos formadores de opinião como Arnaldo Jabor, que se julgam completamente preparados, mas não passam de dinossauros do jornalismo cegos, surdos, mudos, estúpidos, ignorantes com sindrome de Jô Soares, que acham que sabem tudo o tempo todo e estão apitos a infestarem a mídias com suas opiniões vezes validas, vezes lixo! É isso! e viva Che! viva do Deus metal.. huahua sacanagem rsrsr <:-)

  2. pitocoviajante disse:

    Cara, outro dia conversei com a Carol sobre isso, apesar de termos esses dois ridículos pólos dominando a mídia, qualquer jornal, texto, vai apresentar o texto já influenciado por pelo menos um pouquinho da opiniao pessoal.
    Acho que o Acaua quis dizer que, devemos analisar cada mensagem e ponderar.
    Che é REI!

  3. Caroline disse:

    Concordo com ele.O que eu quis dizer é que, muitas pessoas nem percebem que as mensagens já chegam contando um lado da história.Como eu mostrei em dois exemplos, dois veículos mostraram sua interpretação da situação.Seria bom se todos tivessem acesso aos dois lados da moeda, ao invés de acreditarem que apenas um lado forneceria informações totalmente imparciais e verdadeiras.
    Obrigada pelos comentários gente :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: