Design é para quem quer

Tem gente que acha que design é coisa de rico. Ou que é preciso desrespeitar o meio ambiente para ter um ambiente agradável e funcional. Pura bobagem! O Programa Ideias Cabíveis mostra porque.



Acabar com a ideia de que design é algo fora da realidade das pessoas e que, portanto, não é para quem pode, mas para quem quer é a essência do programa Ideias Cabíveis, uma produção de TV que mostra soluções simples para o design do cotidiano. Com baixo custo e respeito à natureza, o projeto foi desenvolvido por estudantes de jornalismo do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Pará (UFPA) e estréia dia 16 de maio, às 19 horas, com transmissão online, pelo site do programa.

“Quando concebemos o projeto, queríamos trazer uma nova experiência para o telespectador. Pensamos em inspirar as pessoas a buscar e executar sozinhas soluções de design. A criatividade se torna um caminho para contornar os obstáculos, como poucos recursos e respeito ao ambiente.”, afirma uma das idealizadoras do projeto, a estudante de comunicação Caroline Soares.

O programa é formado por dois quadros, o Meu Cabide e o In-cômodos (veja a tabela abaixo). Entrevistas e matérias que esclarecem o público sobre as várias dimensões do design também estão no programa piloto, que traz o entrevistado Livando Malcher, designer e participante do coletivo Reconstruções.

No site http://www.ideiascabiveis.com.br, além da transmissão on-line do programa, é possível votar em vídeos, enquetes e conferir informações. Ele também disponibiliza conteúdos extras, como ensaios fotográficos, lista de livros, filmes e artigos que tratam de design.

O Ideias Cabíveis propõe o uso de diferentes plataformas, como a internet e o celular. “Acredito que esse projeto pode ser o começo de muitas coisas interessantes em relação à produção audiovisual, mas, principalmente, à produção multimidiática.”, ressalta a orientadora do projeto, a professora da FACOM, Maria Ataíde Malcher.

Os alunos pretendem levar o projeto adiante e a expectativa é de abordar outras ramificações do design nas próximas edições, como design de moda, digital, gráfico e de ambientes. ”Nós também podemos fazer desse projeto o começo de uma busca por patrocínio para que a gente entre em editais e consiga verba para a manutenção do programa. Isso depende muito de qual vai ser a recepção pelo público”, adianta a coordenadora.

Meu Cabide

In-cômodos

Pessoas comuns desenvolvendo suas próprias soluções de design. É o que o telespectador vai conferir nesse quadro. Para participar, basta enviar um vídeo com as fases de produção do seu objeto para o site. O autor do vídeo mais votado pelo público vai apresentar ao vivo a sua ideia. O quadro usa o design para resolver um problema do dia-a-dia das pessoas, como um cômodo que não é funcional, nem agradável. Se você também tem um incômodo, inscreva-o no nosso site, quem sabe não temos a solução para o seu In-cômodo?
No programa piloto, o quadro vai contar com a presença de Jéssica Soares , estudante de 15 anos, cursando o Ensino Médio. Jéssica vai mostrar suas ideias para a produção de vasos a partir de palitos de picolé.   Nessa edição, o incômodo é o Centro Acadêmico de Comunicação Social (CACO), que passou por reformas e contou com o apoio de uma equipe de estudantes de design da UEPA.

 Serviço:

Transmissão on-line do programa-piloto Ideias Cabíveis no site http://www.ideiascabiveis .com.br, dia 16 de maio, às 19 horas.

Visite também o twitter e o facebook do programa: @ideiascabiveis e facebook.com/ideiascabiveis.

Texto: Dilermando Gadelha – Coordenação Geral do programa Ideias Cabíveis

Fotos: Jéssica Barra e Diego Diniz

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: